Formação e Workshops

“Educar para a Convivência” – Online – 12 de Setembro​

A realidade social mudou e com ela surge a necessidade de adaptar as escolas, as famílias, a sociedade em geral a essas novas realidades sociais. Muitas vezes verificam-se situações de agressividade e violência nos modos de interagir dos indivíduos. É, por isso, fundamental desenvolver nos diversos contextos uma educação para a convivência e para a gestão das emoções e que seja também potenciadora de uma cultura de convivência pacífica e sã.

Abordar o desafio e os conflitos através de métodos baseados nos princípios da mediação de conflitos cria um paradigma novo de ação, no qual o conflito é encarado como uma dimensão natural das relações interpessoais, como uma oportunidade de desenvolvimento e crescimento pessoal, permitindo, assim, a construção de soluções mais positivas e eficazes. Este trabalho implica o autoconhecimento ao nível do que são as emoções, os pensamentos e ações que sustentam o comportamento de cada um/a em situações de adversidade.

As vantagens dos dispositivos de mediação surgem evidenciadas na literatura, reforçando a eficácia deste paradigma na emergência de estratégias construtivas de resolução de conflitos, em detrimento de estratégias agressivas, impositivas ou punitivas.

A Aula de Convivência (adaptada e traduzida de Consejería de Educación, Junta de Andalucía, 2007) enquadra-se neste paradigma de ação e insere-se nos dispositivos de mediação que atuam em contexto educativo. A Aula de Convivência é composta por um workbook orientado para crianças e jovens e que aborda diversas áreas temáticas ligadas à convivência, à literacia emocional, à gestão eficaz das emoções, permitindo o desenvolvimento de diferentes competências não cognitivas, através de uma reflexão sustentada e orientada por um adulto. O potencial educativo da Aula de Convivência advém da estratégia de ensinar e de aprender de forma aplicada, experimentada e significativa. As experiências demonstram que sem a oportunidade de aplicar as competências apreendidas, sem atribuir significados às mesmas, estas poderão não ser devidamente incorporadas pelas crianças e jovens. Por isso, na Aula de Convivência crianças e jovens são implicados/as na gestão e resolução de conflitos reais, na discussão e partilha de emoções, no conhecimento dos seus interesses e necessidades, de modo a obter-se o resultado pretendido. A prática revela que crianças e jovens que participam desta nova estratégia ou metodologia emergente, além de construírem novas possibilidades de resolução dos seus conflitos, têm a oportunidade de reconstruir as suas relações e de se reconstruirem a si próprio ao nível emocional e social.

The following two tabs change content below.
Monica Nogueira Soares

Monica Nogueira Soares

Psicóloga, mediadora escolar e familiar com mais de 13 anos de experiência na área da educação. Concilia na sua atividade as diferentes áreas de especialização, no sentido da criação de condições para a promoção de aprendizagens formais e informais de estratégias de autonomia, de desenvolvimento e de crescimento nas formas de pensar, ser e agir dos diversos intervenientes (crianças e jovens, famílias e docentes). É doutorada em psicologia com uma investigação na área da conflitualidade e violência em contexto escolar. Licenciada e mestre (pré-Bolonha) em Psicologia pela Universidade do Porto. É membro efetivo da Ordem dos Psicólogos, sendo reconhecida pela mesma como Especialista em Psicologia da Educação e Psicologia Clínica e da Saúde. Pós-graduada em Psicologia nos Centros de Saúde e em Mediação de Conflitos em Contexto Escolar. Possui certificações internacionais em Kids e Teen Coaching, tendo realizado uma formação de Profiler – Analista de Mapeamento de Perfil Comportamental. Tem também diversas formações na área de formação e educação parental, estando certificada para o desenvolvimento de programas de educação parental nacionais e internacionais. Atua desde 2006 em contexto escolar e formativo. É coordenadora e mentora do projeto de mediação escolar "Mediação de Conflitos – Por uma nova Cultura de Convivência". É mediadora de conflitos certificada pelos critérios do Qualifying Assessment Program do International Mediation Institute na área familiar e escolar, tendo uma ampla experiência e formação nestas áreas. Está inscrita na lista de Mediadores de Conflitos Privados da Direção-Geral da Política de Justiça do Ministério da Justiça e é orientadora e supervisora de estágios em mediação de conflitos e em psicologia. Enquanto formadora, certificada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, pelo Conselho Científico Pedagógico da Formação Contínua e pela Direção Geral da Administração Escolar, tem lecionado diversas formações para docentes e outros públicos-alvo no âmbito da psicologia, das competências relacionais, da gestão e mediação de conflitos. Colaborou com a rubrica "Por uma nova cultura de convivência" no blog de educação ComRegras. Autora do livro “Educação para a Convivência na Escola”
Monica Nogueira Soares

Latest posts by Monica Nogueira Soares (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *